Postagens sobre "Filmes"

8 de outubro de 2019

Tudo por um popstar

Bom, que eu gosto de filmezinho adolescente muita gente já sabe, então né? Então, essa semana assisti Tudo por um popstar, um filme levinho e engraçadinho e vou dizer que o motivo de eu ter assistido foi por que é com as lindas da Maísa, Klara Castanho e Mel Maia. Poxa, as três são umas fofas e eu não supero o fato delas já estarem tão crescidinhas.

Enfim, o filme conta a histórias e três meninas que são muito fãs da boy band Slavabody Disco Disco Boys (um dos meninos é interpretado pelo João Guilherme). Um dia eles anunciam que farão show no Brasil e as meninas ficam doidas pra ir no show e conhecer os garotos.

Então é aí que as coisas se complicam um pouco, por que elas precisam convencer os pais delas pra isso. O problema é que eles não querem deixar, mas elas convencer uma parente de uma delas a ir como acompanhante responsável, mas a menina é maluquinha que só ela (é interpretada pela Giovanna Lancellotti). Beleza, elas dão um jeito e conseguem convencer, daí o problema é que esgotam os ingressos. Pra conseguirem ir, ela precisam participar de uma promoção de um youtuber (que é interpretado pelo Felipe Neto) que consiste em gravar um vídeo demonstrando todo o amor pelos meninos e mandar pra eles, o melhor vídeo ganha 3 credenciais. As meninas ganham e é só alegria. Quando elas chegam no Rio de Janeiro pra ir no show, a maluquinha responsável resolve ir pra Angra pra uma festa com os amigos e deixa as meninas sozinhas, assim elas resolvem ir pegar as credenciais e descobrem o youtuber é um mentiroso e não ia dar credencial nenhuma. Elas tentam de tudo pra conhecer os Slavabody Disco Disco Boys.

E é aí que as aventuras delas começam: fingir desmaio pra entrar no hotel, se disfarçar, pular janela, chantagear o youtuber pra pegar as credenciais, dar ruim pras credenciais, entrar de penetra no show, ser pegas pelos seguranças.

Mas como todo o filme adolescente, dá tudo certo no final.

O filme é baseado em um livro da Thalita Rebouças de mesmo nome.

Nenhum comentário
Pietra Olsen
26 de setembro de 2019

Crush a Altura

Jodi é uma guria de 16 anos superalta, e quando eu digo que é superalta não é por que eu tenho 1,47m mas por que ela tem 1,85m. Por conta da altura ela é zoada na escola e sonha com o dia que vai conhecer um cara mais alto que ela pra namorar.

Jodi tem dois amigos: Fareeda é uma menina incrível e estilosa pra caramba, daquelas que vive dizendo que ela tem que se amar do jeitinho que é e que ela tem que achar incrível ser alta; Jack é completamente apaixonado pela Jodi e nunca escondeu isso dela, mas por ele ser bem mais baixo ela nunca sequer pensou em ter algo com ela.

Um dia, chega na escola um intercambista chamado Stig e ele é o sonho da Jodi: é mais alto que ela. Mas ele acaba se interessando pela garota popular da escola. Stig também vai morar com o Jack, como uma surpresa da mãe dele.

Jodi acaba virando “amiga” do Stig e, apesar dele namorar com a garota popular, eles acabam ficando. Com o tempo, a Jodi acaba sendo bem babaca as vezes e acaba descobrindo que o Stig, apesar de gostar dela, é bem babaca e só quer saber da popularidade. Com isso ela descobre que seu grande amor é o Jack. wtf?

Então gente, tem algo que me incomodou muito nesse filme e foi a função de no final ela “se descobrir apaixonada pelo Jack“. Mano, o cara tava ali o tempo todo, aguentou ela fazendo merda pra ele, aguentou ela tentando pegar o cara que mora com ele, pra no final do nada ela decidir dar uma chance pra ele e ele ficar muito feliz com isso? Cadê o amor próprio Jack? Pelo amor do universo, né? Sem condições!

Esse é um daqueles filmes que tu acha muito fofinho na hora que assiste mas depois que para pra pensar no filme percebe o quanto tem de coisa errada. É algo que aconteceu um pouco com O Date Perfeito mas não tanto, sabe? Em o Date Perfeito eles recém tinham se conhecido e o sentimento surgiu aos poucos, mas com esse foi do nada OPA ELA GOSTA DELE. wtf?

Se tu assistir o filme levando em consideração as frases da Fareeda e a moral de se aceitar e gostar de si mesmo, o filme é massa! Mas isso que eu comentei realmente me incomodou um pouco, tanto que se for pra eu dar uma nota pra ele, eu daria uma nota 3/5.

Então é isso, se tu assistiu o filme me conta aqui o que achou e se concorda comigo. Se não assistiu ainda, assiste e me diz o que achou e se concorda comigo também. Beijo, beijo e até mais!

Nenhum comentário
Pietra Olsen
17 de setembro de 2019

Cinderela Pop (livro x filme), Paula Pimenta

3virgula14 | Cinderela Pop

Faz alguns anos que eu sou louca nos livros da Paula Pimenta. Desde Fazendo Meu Filme e Minha Vida Fora de Série. Também já li os quadrinhos de FMF (tem post aqui) e Uma Viagem Inesperada (que tem post aqui). E eu amo tanto os livros dela, ela é uma das minha escritoras preferidas do Brasil.

3virgula14 | Cinderela Pop

O livro conta a história da Cíntia, uma menina que levava a vida dela de boas até que um dia descobre que o pai dela trai a mãe dela com a secretária e eles se separam. Com isso, a mãe da Cíntia se muda de país pra ir atrás dos sonhos dela e a Cíntia vai morar com a tia. A tia dela namora um cara que é DJ e a Cíntia acaba se encantando por esse mundo e aprendendo tudo o que precisa saber.

Depois de um tempo sem falar com o pai, Cíntia precisa de sua ajuda: na escola proibiram o uso de celular, mas é o único horário que ela pode falar com a mãe que está no Japão. Com isso o pai faz um acordo (ou seria uma chantagem?): ela teria que ir na festa de 15 anos das gêmeas, filhas da secretária e enteadas dele. Ela aceita, por que não tem outra opção. Porém, nesse mesmo dia, ela tem uma festa pra tocar como DJ. O que ela só descobre depois é que a festa que ela vai tocar de DJ é a festa das gêmeas.

3virgula14 | Cinderela Pop

Ela dá um jeito de conseguir resolver esse problema e fazer as duas coisas: como a festa é a fantasia, ela usa uma fantasia pra ser a DJ e não usa fantasia pra ser a Cíntia. Nessa festa ela conhece Fredy Prince, um cantor que todo mundo ama, menos ela. Porém, nessa festa, ele se encanta por ela e ela por ele, mas ela não pode dizer quem ela é poe que se o pai descobre do seu trabalho de DJ, ele pode surtar.

Com isso, começa a história clichê realzona na Cinderela: onde ela tenta dizer que é ela, mas a madrasta descobre e faz chantagem pra ela e todo esse rolê da Cinderela oficial.

Eu amo a escrita da Paula e como ela desenvolve as personagens. Ela faz tu se sentir dentro do livro e se sentir a própria Cinderela. E convenhamos, eu sou a louca da Cinderela moderna! A Nova Cinderela, A Nova Cinderela: Era uma vez uma canção, Outro Conto da Nova Cinderela, etc foram filmes que marcaram a minha adolescência então eu tenho um carinho enorme por filmes de Cinderela dos dias atuais.

3virgula14 | Cinderela Pop

3virgula14 | Cinderela Pop

Cinderela Pop / Paula Pimenta. – 1ª. ed. – Rio de Janeiro: Galera Record, 2015.

Livro x Filme

Esse ano, lançou o filme Cinderela Pop. E, sim, tem algumas coisas que são bem diferentes entre o livro e o filme.

Pode ser que eu conte alguns spoilers aqui, então se não quiser saber é só pular essa parte!

A primeira coisa diferente é como a Cíntia descobre a traição do pai. No filme, é em na festa de bodas do casal em que todos os convidados descobrem a traição ao mesmo tempo. Já no livro, a Cíntia tá sozinha em casa e pega o pai e a secretária no quarto e vai contar pra mãe dela.

Outra coisa diferente é a profissão da mãe da Cíntia, em ambos ela é arqueóloga, mas no filme ela larga tudo quando casa. No livro, ela continua trabalhando e viaja muito, e isso seria a causa da traição do marido, sendo ele.

A profissão da Tia Helena também é diferente, no filme ela é poetisa contemporânea e no livro ela é designer e desenhista.

Outra diferença que tem é quando a Cíntia descobre que vai tocar na festa das irmãs: no filme, ela descobre quando chega na festa pra tocar. Já no livro, ela descobre antes.

Tem ainda mais algumas diferenças mas as que mais marcam são essas mesmo.

Quem quiser comprar o livro, é só clicar aqui. O filme está disponível na Netflix aqui.

Redes sociais da Paula:
Instagram
Twitter
Facebook
Site
Youtube

Beijo, beijo. Leiam o livro , vejam o filme, acompanhem a Paula nas redes sociais, leiam os outros livros dela. É isto!

Nenhum comentário
Pietra Olsen
123