Postagens sobre "Filmes"

5 de abril de 2020

O que esperar quando você está esperando (filme)

Esse é um daqueles filmes que eu vi uma citação ou uma cena no instagram e decidi assistir (como Isi e Ossi). Dessa vez foi uma cena da Anna Kendrick e do Chace Crawford e eu achei eles tão fofinhos que eu decidi que tinha que assistir.

Claro, eu tinha noção que a história envolvia gravidez, até mesmo pelo nome do filme né?

O filme num geral é sobre alguns casais que engravidam (ou estão esperando no processo de adoção), e passa por todos os momentos da gravidez de todas os casais, inclusive por um aborto espontâneo de um deles.

O filme é legal no geral, mas ao mesmo tempo não fez tanto sentido assim pra mim. Era pra ser uma comédia romântica, mas eu não achei muita graça, achei umas partes fofas e outras tristes, então de comédia não teve nada pra mim. Tudo bem, eu sou péssima com comédias, raramente acho graça nas coisas, mas poxa achei que pelo menos eu não teria vontade de chorar assistindo.

E meu casal favorito desde o início do filme (o motivo de eu ter assistido, inclusive) continuou sendo o meu amorzinho.

O elenco do filme é incrível: Jennifer Lopez, Anna Kendrick, Cameron Diaz, Elizabeth Banks, Rodrigo Santoro e Chace Crawford. Puta merda, que elenco maravilhoso!

Vou ser sincera, eu não entendi muita coisa. Na verdade, eu entendi a história do filme e tals, mas não entendi de onde a ideia pode ter surgido e por que alguém decidiu fazer um filme sobre casais grávidos.

É isso, assistam, tirem a conclusão de vocês e me contem depois!

Nenhum comentário
Pietra Olsen
26 de março de 2020

Isi e Ossi (filme)

Tudo começou com um post do instagram com uma citação do filme achei interessante e pensei: “seria legal assistir”. Passou um tempo, eu esqueci. Do nada minha irmã manda mensagem um dia: “estamos vendo uma comédia romântica alemã”. Eu fiquei tipo: “que aleatório”. Depois de um tempo, descobri que eram o mesmo filme e fiquei empolgada pra assistir.

Cara, esse é oficialmente aquele filme da menininha riquinha que quer ficar com um cara totalmente o oposto do que os pais querem só pra confrontar e ele, lutador e pobre, que quer ficar com ela só pra conseguir uma grana. Mas como toda comédia romântica assim, obviamente não dá certo e eles se apaixonam.

Eu vi muita gente falando que achou o relacionamento deles abusivos pela parte do Ossi, mas eu não vi por esse lado. Eu achei muito o filme daquele estilo que um faz vingancinha pro outro o tempo todo, só que sem ter noção da seriedade das coisas. Então, obviamente eles fazem coisas que são meio abusivas e más, mas pelo lado dos dois, nenhum dos dois é santo na história.

É um filme com umas tiradas engraçadas e tals, é mais pra descontrair mesmo.

Nenhum comentário
Pietra Olsen
17 de março de 2020

Por Lugares Incríveis (filme)

3virgula14 | Por Lugares Incríveis

Eu já tinha ouvido falar muito do livro, mas nem me liguei direito quando lançou o filme. Eu sou péssima pra assistir filme! Até tenho uma lista, mas quase nunca paro pra assistir algum.

Porém, uns 10 dias atrás, minha irmã mais nova veio ficar comigo aqui no apê e a gente não tinha muito o que fazer e decidimos assistir alguma coisa na Netflix. Eis que eu abro e lá está Por Lugares Incríveis bem na página inicial!

Cara, eu posso ser uma manteiga derretida pra tudo na vida, mas pra filme e livro eu realmente não sou. Eu posso ver filme de cachorrinho morrendo, de menina com doença, de qualquer coisa. É realmente raro eu chorar assistindo alguma coisa! As únicas vezes que isso aconteceu teve influência dos hormônios então quase nem conta. Sem contar que, mesmo quando isso aconteceu, foi uma lágrima filha única. Só uma. Isso quando chegou a escorrer alguma lágrima.

Só que dessa vez foi completamente diferente. Eu e a Brenda estavamos de boas olhando o filme, quando acontece algo (que quem assistir o filme vai saber). A gente se olhou e tava as duas chorando e não era pouco, a gente tava se debulhando em lágrimas, com a cara inchada e molhada. Meu, em 23 anos, isso nunca tinha acontecido.

Eu sei, eu falei, falei, falei e não falei nada sobre o filme em si até agora. Mas eu sou assim, eu sempre prezo muito mais como eu me senti em relação às coisas do que a coisa em si.

Vou tentar falar sobre algo do filme agora e eras isso:

O filme começa com a Violet em uma ponte, prestes a pular. É aniversário da irmã dela, que morreu faz pouco tempo em um acidente de carro. Nisso chega o Finch e faz com que ela desista.

Um professor manda a turma deles fazer um trabalho sobre lugares diferentes onde eles moram. O Finch por algum motivo aleatório decide que quer de todas as formas fazer o trabalho com a Violet. E com muito mas muito esforço ele consegue colocar mais cor na vida dela.

Durante o filme, a gente percebe algumas coisas complicadas com o Finch, que faz a gente pensar que pode ter alguma coisa estranha ali. Mas eu juro. E nunca pensei que ia realmente acontecer o que aconteceu. Nunca.

Quando aconteceu, eu e a Brenda nos olhamos chorando desesperadas e falamos “não é possível, vai mostrar que tá errado que isso não aconteceu de verdade”. Mas não, realmente tinha acontecido e eras isso mesmo.

Se eu falasse o que aconteceu aqui, seria o maior spoiler do filme e do livro. Então, vai assistir o filme, pufavô!

 

Nenhum comentário
Pietra Olsen
123...>>