Postagens sobre "Livros"

1 de abril de 2020

Agora eu entendo, Pam Gonçalves

3virgula14 | Agora eu entendo

Já falei algumas vezes aqui o quanto eu amo os livros da Pam Gonçalves. E definitivamente eu não me arrependi de ler ele. A Pam lançou essa história do final do ano passado e desde então eu queria ler, mas eu ainda tenho um quezinho contra comprar livros digitais, porém contudo todavia o livro ficou de graça nessa quarentena. E puta merda eu devia ter lido ele antes!

Bom, não é exatamente um livro, é um conto de 33 páginas, então dá pra ler em tipo 20 minutos.

Conta a história da Bianca que odeia o natal. Quer dizer, acho que ela não odeia o natal em si, mas odeia qualquer reunião da família pois sempre tem brigas e discussões. Então ela decide que vai passar o natal em casa, sozinha, assistindo Harry Potter.

“isso que eu precisava. Estar comigo. Sempre dependi muito de outras pessoas, da opinião, da presença, do incentivo. Estava na hora de tirar essa força de dentro de mim.”

“Eu não gostava de silêncio. Era sufocante lidar com os próprios pensamentos.”

Porém todo mundo passa a noite ligando pra ela, depois dos pais tentarem convencer ela, ela decide colocar o celular no “não perturbe” e não ser mais incomodada. Porém, quando ela acorda, percebe que nunca se sabe quando um áudio pode ser a última vez que tu vai escutar a voz de alguém. Ainda mais alguém que o único desejo do natal era que a família estivesse totalmente reunida.

“Melhor manter na memória uma última imagem dela feliz. Você é a única que pode.”

“que você nunca deixe de aproveitar o tempo que tem com quem você ama. Eu já estou ficando velho […] mas você tem a vida pela frente. Aproveita quem você quer bem.”

“Agora eu entendo que na maior parte das vezes as pessoas não tem intenção de nos machucar. Mal sabem elas os efeitos que têm nas nossas vidas. O que me resta é aproveitar o tempo que eu tenho com todas elas.”

3virgula14 | Agora eu entendo

Quem quiser comprar o livro é só clicar aqui.

Quem quiser acompanhar a Pam:
twitter
instagram
youtube

Nenhum comentário
Pietra Olsen
22 de janeiro de 2020

Sempre teremos o verão, Jenny Han

Já falei sobre os dois primeiros livros dessa trilogia aqui e aqui.

3virgula14 | Sempre teremos o verão

Sério, fazia tempo que eu não passava tanta raiva com um livro só.

Eu passei os dois primeiros livros bem irritada com o Conrad e idolatrando o Jeremiah, mas cara o Jeremiah só fez merda no último livro e eu só tava torcendo pra Belly largar ele logo.

O livro começa dois anos depois do último livro, quando Belly e Jeremiah estão na faculdade. Digamos que o Jeremiah faz umas merdas e resolve pedir a Belly em casamento e, mesmo sem ter tanta certeza assim, ela resolve aceitar. Obviamente os pais deles surtam e, inclusive, a mãe de Belly e ela param de se falar. E eu realmente entendo muito a mãe dela, eles mal tinham emprego e recém tinham começado a faculdade.

Só que isso só dá mais gás pra Belly resolver se casar mesmo, mais como um troco na mãe pra dizer que ela sabe se virar sozinha. Tudo fica mais confuso ainda pra ela quando Conrad resolve se declarar pra ela, em sua última chance de ficar com ela.

Eu passei os dois primeiros livros torcendo pela Belly e pelo Jeremiah por que ele era um anjinho. Mas nesse último ele parecia um personagem tão diferente que eu parecia que eu tava lendo uma história completamente diferente, sobre alguém totalmente diferente. A Belly sempre foi meio complicada, fazia uma merdinhas mas era na inocência mesmo e nesse livro não foi diferente. E eu consegui entender mais o Conrad e entender por que ele deixou a Belly e deixou o caminho liberado pro Jeremiah.

E no fim o casamento não rola no dia planejado, mas a história acaba com Belly casada e com o sobrenome Fisher, porém com Conrad e não Jeremiah.

Sobre a história em geral foi uma história legal mas eu ainda prefiro Para todos os garotos. Uma coisa que ambas as trilogias tem em comum: o terceiro livro ficou completamente confuso e nebuloso pra mim!

3virgula14 | Sempre teremos o verão

3virgula14 | Sempre teremos o verão

Sempre teremos o verão / Jenny Han; tradução Ana Rodrigues. – 1. ed. – Rio de Janeiro: Intrínseca, 2019.

Para comprar o livro é só clicar aqui.

1 comentário
Pietra Olsen
17 de dezembro de 2019

Sem você não é verão, Jenny Han

Falei sobre o primeiro livro dessa trilogia aqui.

3virgula14 | Sem você não é verão

Esse é um livro um pouco mais complicado e conturbado que o primeiro. No primeiro, nós sabemos que a Susannah tá doente. Logo nos primeiros capítulos deste, descobrimos que Susannah faleceu e que ninguém tá sabendo lidar com isso. A mãe da Belly tá enfiada dentro de casa e não sai pra nada, Belly não tem vontade de fazer nada. Os meninos estão bem complicados.

No finzinho do primeiro livro, Belly e Conrad começam um “relacionamento”, Conrad leva ela pro baile e faz tudo errado, e depois disso ele praticamente não fala mais com a Belly.

Esse é o primeiro verão sem ela, sem irem pra Cousins Beach. Corad tá na faculdade e vai fazer um curso de verão, mas ele simplesmente desaparece. Com isso, Jeremiah vai atrás dele e acaba pedindo a ajuda de Belly pra encontrar ele. Depois de muito pensar e ir até a faculdade, eles descobrem que ele foi pra casa da praia e vão atrás dele.

3virgula14 | Sem você não é verão

Quando eles chegam lá, tentam de toda forma convencer Conrad a ir embora mas ele reluta. É quando eles descobrem o porquê dele estar ali: o pais deles quer vender a casa, vender a casa que era de Susannah. Depois de uma noite de bebedeira jurando ser a última noite deles na casa, Belly acaba ligando para a mãe podre de bêbada, com isso a mãe dela vai para a casa da praia entender o que tá acontecendo e acaba convencendo o pai deles a não vender a casa, desde que Conrad passe nas provas que ele tem dois dias depois. Belly e Jeremiah ajudam ele a estudar e eles vão pra faculdade do Conrad, mas enquanto Conrad faz as provas, Belly e Jeremiah acabam se beijando e ela descobre que gosta dele. Conrad vê e fica bravo e ela diz que vai embora com o Jeremiah.

Eu gostei muito desse livro, mas me incomoda um pouco o fato de “passei anos apaixonada pelo teu irmão e agora descobri de gosto de ti”. Poxa, o cara tava ali sempre, sabe? Mas tudo bem, eles são lindos e eu torço taaanto por eles!

3virgula14 | Sem você não é verão

Sem você não é verão / Jenny Han: tradução Cassia Zanon. – 1. ed. – Rio de Janeiro: Intrínseca, 2019.

Pra comprar o livro, é só clicar aqui.

Nenhum comentário
Pietra Olsen
123...1020...>>