Postagens sobre "Livros"

19 de janeiro de 2019

Heroínas, Pam Gonçalves, Laura Conrado e Ray Tavares

3virgula14 | Heroinas

Acho que já comentei que eu realmente gosto muito da Pam, mas nunca acho demais ressaltar. Então quando eu fiquei sabendo que ela ia lançar um livro novo com outras duas meninas e que a temática seria Heroínas, eu logo quis ler.

“As pessoas sempre vão falar alguma coisa. É você que decide como vai ouvir.”

Qual a ideia do livro? Transformar histórias clássicas de Heróis que eram garotos em histórias atuais com garotas salvando o dia.

3virgula14 | Heroinas

O primeiro conto é Uma por todas e todas por uma, da Laura Conrado. Ele é baseado nos três mosqueteiros e conta a história da Daniela, uma menina que começou a fazer trabalho voluntário em uma ong que cuida de animais. Lá ela se junta com a Poli, a Agnes e a Aline, pra tentar reerguer a ong.

3virgula14 | Heroinas

O segundo conto é Formandos da Távola Redonda, da Pam Gonçalves. É uma releitura de  O rei Arthur e os cavaleiros da távola redonda e conta a história da Marina, que foi designada a salvar a formatura do colégio. Qual o problema? O dinheiro dos formandos foi roubado e ela em que juntar todo o dinheiro de novo pra eles poderem ter um festa de formatura.

3virgula14 | Heroinas

O último conto é Robin, A Proscrita e é escrito pela Ray Tavares. Ele é uma baseado no Robin Hood e conta a história da Roberta. Ela é hacker e usa seus dons pra roubar e desviar o dinheiro de políticos e religiosos corruptos usando pra ajudar as pessoas que realmente precisam.

3virgula14 | Heroinas

3virgula14 | Heroinas

Dos três contos, acho que o que eu mais gostei foi o da Laura. Tanto que a minha frase preferida do livro é desse conto:

“- Se tem uma coisa que a convivência com vocês me ensinou, é isso: ser amiga de uma mulher é apoiar em todas as situações, não só quando é fácil ou quando convém – disse Poli. – É romper com o mito de competição feminina, é acabar com as inseguranças e com os estereótipos… Eu aprendi a escutar e a valorizar a fala da outra, ainda que, às vezes, seja uma fala diferente da minha; a voz de toda mulher deve ser respeitada. Sororidade é isso né? É a gente se reconhecer uma na outra.”

Para acompanhar as meninas:
Laura: Insta, Twitter, Site.
Pam: Insta, Twitter, Youtube.
Ray: Insta, Twitter.

E pra comprar o livro é só clicar aqui.

Nenhum comentário
Pietra Olsen
30 de outubro de 2018

Trilogia Para todos os garotos que já amei, Jenny Han

Desde o momento em que vi sobre o que o filme falava eu já sabia que ia amar a história, a Lara Jean e o Peter. E não foi diferente. Vi o filme e eu só conseguia pensar no quanto queria ler o livro e saber o resto da história da Lara Jean e do Peter.

Basicamente, no momento em que eu li sobre o que era o filme/livro, eu já sabia o que ia acontecer. E ninguém tem noção do quanto eu amo isso! Esses clichês, que tu assiste 5min de filme (ou lê 10 paginas do livros e tu já sabe o que vai acontecer)!

3virgula14 | Para todos os garotos que já amei

Para todos os garotos que já amei conta a história da Lara Jean, uma menina de 16 anos que só tem o pai e as duas irmãs, Kitty e Margot. Jara Jean guarda seu bem mais precioso em uma caixa de chapéu que ganhou de sua mãe: suas cartas de amor.

“Não são cartas de amor no sentido mais estrito da palavra. Minhas cartas são de quando não quero mais estar apaixonada. São cartas de despedida. Porque, depois que escrevo, aquele amor ardente para de me consumir. Posso tomar café da manhã sem me preocupar se ele também gosta de banana com cereal; posso cantar músicas românticas sem estar cantando para ele. Se o amor é como uma possessão, talvez minhas cartas sejam meu exorcismo. As cartas me libertam. Ou pelo menos deveriam.”

São cinco ao total. Uma para cada garoto que Lara Jean já amou. E suas cartas eram suas despedidas, ela as escrevia quando queria por um fim no sentimento, e geralmente funcionava.

“A vida não precisa ser tão planejada. Deixe rolar e veja o que acontece.”

“As mentiras mais críveis são as que têm pelo menos um pouco de verdade.”

Um dia, misteriosamente, suas cartas são enviadas para cada um dos garotos para quem foram escritas: Peter K. (o garoto mais popular da escola), Josh (o namorado de Margot), Lucas (garoto da escola), John (garoto da ONU) e Kenny (garoto do acampamento).

Deixa eu contextualizar: Josh e Margot namoravam, mas ela foi fazer faculdade na Escócia e terminou com ele. Logo depois disso ele recebe a carta de Lara Jean.

Peter foi o primeiro a falar com ela. Josh foi o segundo.

3virgula14 | Para todos os garotos que já amei

Para que Josh não achasse que ela ainda estava apaixonada, Lara Jean mentiu: disse que ela e Peter estavam namorando e que ela não sentia mais nada por Josh. Ela e Peter decidiram que a mentira seria boa pros dois. Josh ia achar que ela não gostava mais dele e Peter ia fazer com que Gen não quisesse mais ele.

E eles passam tanto tempo juntos e se conhecendo que fica difícil pra Lara Jean não se apaixonar de verdade por ele. Mas tem um problema, apesar de Peter não querer mais saber de namorar com a Gen, ele ainda faz tudo o que ela quer, o que deixa a Lara Jean triste por achar que ele ainda gosta de Gen.

“Não quero que ninguém seja dono de mim. Não quero pertencer a ninguém.”

Tudo fica difícil quando Josh diz que, antes de namorar Margot, era apaixonado por Lara Jean e que talvez agora o sentimento estivesse voltando.

“Não quero mais ter medo. Quero ser corajosa. Quero… que a vida comece a acontecer.”

Para todos os garotos que já amei / Jenny Han ; tradução Regiane Winarski. -1. ed. – Rio de Janeiro : Intrínseca, 2015.

3virgula14 | PS ainda amo você

Para todos os garotos que amei termina exatamente quando Lara Jean começa a escrever uma carta de amor para Peter, diferente de todas as cartas que ela já havia escrito: nessa, ela não queria se desapaixonar, ela queria dizer para Peter o quanto ela estava apaixonada.

3virgula14 | PS ainda amo você

PS.: Ainda amo você começa com a carta da Lara Jean pro Peter, e quando eles resolvem ficar juntos de verdade. Sem mentiras, com um relacionamento real. Mas como nem tudo é fácil, um vídeo de Lara Jean e Peter é exposto na internet e John reaparece na vida de Lara Jean, depois de receber sua carta.

“Enquanto você está pronta e é o que você quer fazer e você está protegendo a si mesma, então está tudo bem e você deve fazer o que você quer fazer.”

Lara Jean e John começam a trocar cartas. E Lara Jean sabe que foi Gen que gravou o vídeo e publicou, mas Peter não acredita que Gen seja capaz disso. E eles passam boa parte do livro nessa de briguinhas por conta disso, e Lara Jean ainda está aprendendo sobre como é estar em um relacionamento de verdade.

“Às vezes eu gosto de você tanto que eu não posso suportar. Que enche-se dentro de mim, tudo até a borda, e eu sinto que eu poderia transbordar. Eu gosto muito de você e eu não sei o que fazer com isso.”

E nesse livro, a gente começa a perceber o quanto a Lara Jean tá amadurecendo e o quanto o Peter está sendo importante nesse processo.

“A maneira como ele sorri quando ele diz meu nome, como quando ele está perto de mim eu esqueço de respirar às vezes.”

3virgula14 | PS ainda amo você

P.S.: Ainda amo você / Jenny Han; tradução Regiane Winarski. 1. ed. – Rio de Janeiro: Intrínseca, 2016.

3virgula14 | Agora e para sempre, Lara Jean

Agora e para sempre, Lara Jean finaliza a história de Lara Jean e Peter. Para eles, parecia que tudo estava resolvido: eles iriam no ano seguinte para a mesma faculdade e ficariam juntos. Mas nem tudo ocorre como planejaram!

“É assim que acontece? Você se apaixona e nada mais parece assustador, e a vida é apenas uma grande possibilidade?”

Lara Jean não passa para a faculdade que queria, mas passa para a William & Mary e ela e Peter já sabem como vão resolver isso: ela vai ficar lá por um ano e depois pedir transferência para a faculdade de Peter. Porém, contudo, todavia, ela também passa na UNC, e se apaixona pela faculdade de lá. Ela acaba decidindo que não quer ir pra faculdade já pensando em sair. Ela quer dar uma chance pro lugar.

“Amor é fazer escolhas corajosas todos os dias.”

Com isso, Peter cogita largar tudo e ir pra lá também, mas a mã dele é contra e conversa com a Lara Jean, fazendo com que a menina se sinta culpada e tome um decisão: terminar com Peter (seguindo um pouco o que sua própria mãe dizia: não vá para a faculdade namorando).

“Um dia, tudo isso será uma prova – uma prova de que estávamos aqui, de que estávamos apaixonados. É uma garantia de que, não importa o que aconteça, esta época foi só nossa.”

Mas, grazadeus, depois de muita treta, eles se resolvem e decidem que vão fazer dar certo. A Lara Jean na UNC e o Peter na faculdade perto de casa.

3virgula14 | Agora e para sempre, Lara Jean

3virgula14 | Agora e para sempre, Lara Jean

“Quando eu for velha e grisalha, vou pensar nesta noite e vou lembrar dela exatamente como foi.
É.
Nós ainda estamos aqui. O futuro ainda não chegou.”

3virgula14 | Agora e para sempre, Lara Jean

Agora e para sempre, Lara Jean / Jenny Han; tradução Regiane Winarski. 1. ed. – Rio de Janeiro: Intrínseca, 2016.

A escrita da Jenny Han é muito gostozinha e eu realmente gostei e me identifiquei muito com a Lara Jean. A personalidade dela, o medo dela de dirigir, o medo de relacionamentos. Ela é tão fofa, queridinha, que eu queria muito ser amiga dela na vida real.

“Quando sopro as velas e faço meu pedido, desejo sempre sentir por Peter o que estou sentindo agora.”

Peter se tornou meu crush real por que ele fez muito bem e sempre apoiou a Lara Jean a fazer o que ela precisava fazer e ajudou muito no amadurecimento dela.

“Não quero esquecer nada disso. O jeito como ele me olha neste exato momento, o jeito como eu ainda sinto um arrepio todas as vezes que ele me beija. Quero me agarrar a tudo com força.”

Esse último livro, principalmente,veio num momento muito importante pra mim e só fez com que eu pensasse um pouco mais no eu quero e que eu preciso tomar as decisões por minha conta e vontade e pensar um pouco mais em mim.

Pra quem quiser comprar os livros, é só clicar nos links abaixo:

Para todos os garotos que já amei
PS.: Ainda amo você
Agora e para sempre, Lara Jean

Nenhum comentário
Pietra Olsen
16 de outubro de 2018

De volta aos sonhos, Bruna Vieira

3virgula14 | De volta aos quinze

Eu não consigo lidar com o fato de não poder ler o final dessa história por que ainda não lançou o último livro. Sério, eu não nasci pra isso.

Enfim, esse é o segundo livro da trilogia Meu Primeiro Blog, da Bruna Vieira. E eu escrevi sobre o primeiro livro aqui.

Esse livro começa exatamente de onde o segundo parou. Mesmo com a vida se ajeitando exatamente como Anita queria, ela voltou no tempo. Exatamente para o dia da sua formatura, e ficou no passado até a época em que veio o resultados dos vestibulares. Anita não havia contado pra ninguém, mas prestou vestibular pra Fotografia. E o que fazer quando tu passa no curso que tu realmente queria mas teus pais não faziam ideia que tu tinha prestado vestibular pra ele? Pra seguir seus sonhos, Anita bate de frente. Fala que vai fazer e ponto final.

3virgula14 | De volta aos quinze

Isso não muda muitas coisas na Anita de 30 anos, só a deixa com a sensação de que seguiu seus sonhos. Mas quando volta aos seus 30 anos, a vida acaba desandando. O boy que ela conseguiu finalmente conquistar acaba largando ela pra viver o próprio sonho e ela percebe que tem que correr atrás dos sonhos dela também. Anita também percebe que como ela acabou mudando seu presente com o Henrique, só ela sabe o que viveram no passado e isso a deixa angustiada.

“Esquecer é difícil, mas ser esquecida é ainda mais triste”

E Henrique assume um namoro com a garota que faz dupla com ele.  Com isso, acaba se aproximando mais ainda de Joel, o vizinho que conseguiu o freela que a levou para Paris. Ela consegue um emprego de carteira assinada pela agência que fez o freela e acaba tendo que viajar para cobrir um evento de música internacional.

“Eu sei que amar é bom, mas realizar sonhos e conhecer lugares novos pode ser ainda melhor”

Lá, ela e Joel ficam. Porem, ela acaba tendo que entrevistar o próprio Henrique, que agora já está muuuuito mais famoso e participando do evento e eles acabam passando a noite juntos.

“O passado serve para que a gente saiba o que fazer com o presente. Para não viver olhando para trás, preste atenção aos detalhes. Eles sempre dizem muito.”

Anita resolve contar tudo pro Joel e ele conta que sabe das viagens no tempo e que sabe como ela pode descobrir como e porque isso tudo acontece. E é assim que acaba o livro. Do nada, quando ela começa a descobrir como isso tudo aconteceu. Deixando a gente na curiosidade! Aaaaaaaaa, é por isso que eu falei que não sei lidar em ler livros que ainda não terminou de lançar a coleção!

“Então você descobre que nunca será a primeira nem a última página do livro de alguém”

3virgula14 | De volta aos quinze

“O coração sabe todas as respostas. O problema é que não sei se tenho feito as perguntas certas”

A primeira vez que vi a capa desse livro eu surtei. Surtei mesmo! Olha essa capa, essa ilustração, esse nome, essas cores, esse céu!

3virgula14 | De volta aos quinze

No evento que a Anita encontra o Henrique, ele canta uma música que fez pra ela, e essa música é tão linda! Mas confesso, eu gosto muito mais da Anita com o Joel do que com o Henrique! Desde a primeira vez que o Joel apareceu, ele ganhou meu coração.

“Mas, “simples” tem a mania de ser sempre o oposto de todas as coisas que eu quero.”

“Definitivamente, é horrível perceber que não somos a coisa mais importante na vida de quem é a coisa mas importante na nossa vida”

3virgula14 | De volta aos quinze

De volta aos sonhos / Bruna Vieira. — 2. ed.; 1. reimp. — Belo Horizonte : Gutenberg, 2015. — (meu Primeiro Blog ; v. 2)

Quem quiser comprar o livro, é só clicar aqui.

Pra segui a Bruna nas redes sociais é só clicar nos links abaixo:
Blog
Insta
Twitter
Youtube

Nenhum comentário
Pietra Olsen
<<...91011...>>