30 de julho de 2019

Ele, Elle Kennedy e Sarina Bowen

3virgula14 | Ele

No último post, falei sobre o livro O Acordo, da Elle Kennedy. Foi o primeiro livro dela que eu li e depois dele li todos os que eu encontrei pela minha frente e me apaixonei completamente pela escritora.

Depois que eu li toda a série Amores Improváveis (que ainda vai ter os outros posts no blog), eu encontrei meio sem querer os livros da coleção Him em uma livraria da Saraiva e comprei sem nem pensar muito e inclusive comecei a ler no mesmo dia.

Pra quem não sabe, Will & Will é um dos meus livros preferidos da vida e é um romance lgbt. Eu realmente gosto muito de ler livros com personagens lgbt, mas todos os que eu tinha lido até agora (alguns tem post no blog: Lucas e Nícolas, Moletom, Submerso e O amor nos tempos de #likes) são histórias mais adolescentes, eu nunca tinha lido um livro com protagonistas lgbt que fosse mais voltado pro público adulto. Até eu encontrar os livros Ele e Nós.

No post de hoje, eu vou falar sobre o primeiro livro dessa duologia: Ele. Como nas histórias de Amores improváveis, os dois personagens são jogadores de hóquei e já começa aí a diferença da maioria dos livros lgbt.

Ele conta a história de James Canning (Jamie) e Ryan Wesley (Wes), dois jogadores de hóquei que se conheceram quando crianças em um acampamento de hóquei. Lá eles se tornaram melhores amigos, mas depois de uma noite de apostas entre os dois, Wes acabou achado que havia se aproveitado de Jamie e parou de falar com o melhor amigo. Então, eles se afastaram e nunca mais se viram. Nessa época, Wes já sabia que era gay  e também sabia que o melhor amigo era hétero.

Depois de 4 anos, eles se encontram sem querer e Wes percebe que se amizade é a única coisa que ele pode ter com o Jamie então é isso que ele vai ter. Mesmo depois de todos esses anos, Jamie continuou indo ao acampamento todo ano como treinador, então Wes vê a possibilidade de se reaproximar de Jamie: se candidatando para ser treinador do acampamento e dividindo quarto com o Jamie. Lá eles se reencontram e a amizade é retomada, mas não apenas a amizade: Jamie descobre que sente muito mais do que amizade pelo Wes e tudo é uma novidade pra ele, já que até então ele tinha certeza que era hétero.

A partir desse ponto, o livro retrata as descobertas de Jamie, as inseguranças de Wes por achar que seria só um romancezinho de verão, e o que os dois precisam abdicar se resolverem ficar realmente juntos.

É um livro fofo, com cenas adultas, que trata desse assunto de forma adulta. O que foi bem inusitado pra mim: ler um livro adulto com um casal gay. Mas foi incrível, eu li os livros muito rápido, me apaixonei ainda mais pela escrita da Elle Kennedy (ela se tornou uma das minhas escritoras preferidas) e os livros se tornaram alguns dos melhores livros que eu li esse ano.

3virgula14 | Ele

Ele: quando Ryan conheceu James / Elle Kenned, Sarina Bowen; tradução Lígia Azevedo. – 1ª ed. – São Paulo: Paralela, 2018.

No próximo post, vou falar sobre o segundo livro, que se chama Nós, e que é tão incrível quanto o primeiro livro.

Quem quiser comprar o livro, é só clicar aqui.

Nenhum comentário
Pietra Olsen

Deixe o seu comentário!