17 de junho de 2020

Priscila, Anne Marck

E chegamos ao último livro da saga Renda-me: Priscila, a última das 4 amigas. Conheça mais sobre o restante dos livros: Julia, Alice e Katarina.

Eu não vou conseguir falar desse livro sem dar spoiler, então já fica avisado.

A Priscila é aquela que fala pra todo mundo que não quer relacionamento e blablabla. O que acontece é que a gente já tem uma ideia de que ela guarda algum segredo e é nesse livro que a gente descobre o que é.

O livro começa quando a Priscila vai em um bar novo, o El Diablo. Lá ela conhece um russo, Gael, e pra se livrar dele faz uma aposta com ele. No fim da noite os dois vão parar em um motel e ela vai embora antes dele acordar. Detalhe importante: ela mentiu o nome dela pra ele não saber quem ela é.

Imagina a surpresa dela quando, no dia seguinte, o chefe dela avisa que tem um novo grande cliente que ela vai ter que cuidar e quando ela chega na reunião é ninguém mais ninguém menos que o próprio Gael. E tudo isso não foi uma coincidência: ele foi atrás dela por ficar irritado com tudo o que ela fez (mentir o nome, sair escondido).

Aí começa toda a conturbação do relacionamento dos dois e vai indo, ela vai descobrindo muito sobre ele: a irmão e os filhos dele foram mortos, inclusive a irmã dele foi estuprada antes de morrer, por um grupo de pessoas que sequestravam jovens e vendiam elas. Essa é a missão dele no Brasil, se vingar e matar todas as pessoas desse grupo pra que eles não façam mais nada com outras meninas.

Apesar de tudo, a Priscila continua com ele. Ela entende, não ajuda, mas não pede pra ele parar.

Porém, a Priscila tem muito problema em ser presa por alguém, perder sua liberdade. E isso é complicado no relacionamento deles, o Gael tem medo de algo acontecer com ela por conta da vingança dele e coloca um segurança na cola dela. Isso faz parte de algumas das brigas deles.

Tudo fica extremamente complicado quando a Priscila chega na casa do Gael e vê ele apontando uma arma pra um cara, fica apavorada e sai correndo com medo. O Gael acredita fielmente que a Priscila tá com medo dele, mas a gente descobre que na verdade não.

Junto com o Gael tinha um cara (que eu esqueci do nome agora), que foi quem atirou na cabeça do outro cara. Esse cara é o segredo que a Priscila tanto esconde. E é assim que o Gael descobre que na verdade a Priscila não ficou com medo dele e sim do cara quando ela viu que eles eram aliados. Ela sentiu um pouco de medo do Gael por saber que ele tinha esse tipo de gente como aliado. E é assim que eles descobrem que a vida deles tá interligada de alguma forma: a Priscila foi estuprada quando era mais nova por esse cara, e assim descobrem que na verdade ele é um infiltrado do inimigo e o grande chefe do grupo é o irmão dele. Ainda tem mais confusão no final do livro, até Gael conseguir se livrar desses caras, mas o relacionamento dos dois melhora depois que tudo passa. Inclusive eles tem filhos gêmeos, eu só queria comentar isso mesmo.

Então, quem quiser comprar o livro é só clicar aqui.

Nenhum comentário
Pietra Olsen

Deixe o seu comentário!