2 de janeiro de 2020

A loucura de 2019

2019 foi uma loucura do início ao fim. Eu consigo ver nitidamente o quanto eu mudei nesse ano, o quanto eu melhorei, o quanto eu me conheci, o quanto eu sei mais quem eu sou.

Janeiro

O ano começou com a viagem mais importante da minha vida e eu falei sobre isso aqui e aqui. Eu viajei completamente sozinha e acho que foi a experiência que começou a transformar o meu ano.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pietra Olsen (@pietraolsen) em

Fevereiro

Cara, fevereiro foi meu aniversário mas parece que ficou no limbo do meu ano. Teve meu aniversário e depois disso eu não lembro de nada que teve no meu mês!

Março

Teve carnaval e eu fui pra Floripa com a minha irmã e meu cunhado.

Abril

Abril teve show da Manu Gavassi.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pietra Olsen (@pietraolsen) em

Maio

Maio foi outro limbo na minha vida e eu não lembro nada do que aconteceu. Ah, eu cumpri aviso prévio, única coisa que eu me lembro.

Junho

Em junho, eu troquei de empresa e conheci pessoas maravilhosas que trabalham comigo.

Julho

Em julho eu tava bem louca apresentando tcc e ect e cara eu só queria terminar essa bagaça logo.

Agosto

Em agosto teve a formatura de uma das minhas melhores amigas e teve show do Onze:20 com o Gabriel Elias.

Setembro

Em setembro teve outra viagem muito importante: fui pro Rio de Janeiro, pra Bienal do Livro, com a minha gêmea numa trip só das manas. Gravei vlog e tá aqui. Também teve show do Strike!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pietra Olsen (@pietraolsen) em

Outubro

Outubro teve show da Fresno e que saudade que eu tava!

Novembro

Novembro teve show do Jão e caralho que homem maravilhoso!

Dezembro

Final de ano é sempre muito louco pra mim, eu tô sempre bem louca, bem instável. Metade de mim feliz com o quase início de um ano novo e a outra metade louca pensando se eu vivi o que eu tinha que viver esse ano.

Eu mudei tanto esse ano, tanto que nem eu mesma tenho noção de como eu vivia sem ser como sou agora. Esse ano foi o ano que eu mais me descobri, mais me entendi, aconteceu muita coisa boa, mas surtei bastante (o que só fez com que eu me conhecesse e me entendesse ainda mais).

Esse ano, eu fiz minha primeira viagem sozinha, fiz uma viagem só com a gêmea também. Conheci 3 capitais que eu ainda não conhecia: Curitiba, Florianópolis e Rio de Janeiro. E isso me mostrou o quanto eu sou capaz de fazer por mim e ir conhecendo aos poucos esse brasilzão! Terminei o ano já com 3 viagens planejadas pra 2020, duas em família e uma sozinha de novo!

Esse ano, eu também zerei meus shows da adolescência: Fresno, Onze:20, Strike e Manu Gavassi. Fora esses show da minha adolescência ainda fui em alguns outros shows: Jão, Anavitória e Melim.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pietra Olsen (@pietraolsen) em

Esse ano fui em rolês diferentes, fui em lugares diferentes. Fiz mais coisas sozinha, descobri mais do que eu gosto de fazer.

Fiz o tcc e consegui terminar com um A. Me formei, fiz formatura de gabinete, tive meu dia de princesa no salão de beleza e fomos comer pizza.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pietra Olsen (@pietraolsen) em

Durante esse ano, eu fiz aula de pole dance. Foi uma das coisas mais legais do ano, mas precisei parar por questões burocráticas de tempo e prazos pra fazer as aulas. Mas pretendo voltar assim que possível (ou pra alguma outra aula de dança).

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Pietra Olsen (@pietraolsen) em

Prometi que ia passar uns 6 meses sem estudar pra poder descansar. Menos de dois meses depois me meti em um curso de maquiadora profissional (que falei sobre aqui e aqui) de dois meses e meio todo dia. Foi bem louco, extremamente cansativo, nas duas últimas semanas eu só queria dormir, mas foi uma experiência maravilhosa, conheci gente incrível, aprendi mais sobre esse universo que eu tanto amo.

Esse ano, eu troquei de emprego, depois de dois anos e meio trabalhando em uma agência. Isso me fez conhecer pessoas maravilhosas e me faz conseguir realizar alguns outros sonhos, além de conseguir viajar (que é a coisa que eu mais amo).

Finalmente criei o canal do blog como complemento do blog. Onde postei todos os vídeos da Glambox e vlog de Curitiba e da Bienal.

Tem muita coisa ainda que preciso melhorar, tem muita coisa que ainda quero fazer e coisas que já estão em progresso ou planejadas. Mas eu tô muito feliz pela pessoa que estou me tornando! Conseguindo dar meus corres por mim, fazendo mais por mim e descobrindo do que realmente gosto e o que realmente quero pra minha vida.

E assim, SÓ VEM 2020! E que tu seja tão incrível quanto eu esteja planejando!

Nenhum comentário
Pietra Olsen
1 de janeiro de 2020

Unboxing Glambox As Panteras (nov/19)

Todo mês eu faço um post sobre a Glambox que chegou e todo eles estão nesse link aqui.

Pra quem não sabe, a Glambox é uma assinatura de beleza, então todo mês chega uma caixinha com produtos: desde maquiagens, sabonetes até produtos pra cabelo como shampoos, máscaras, etc.

Lista dos produtos da caixinha:

1. Paleta Mermaids Have More Fun (My Life) – R$ 25,90 – Comprar
2. Sais de banho e escalda pés (Orthopauher) – R$ 34,90 – Comprar
3. Leave In The Magic (Phinna) – R$ 29,90 – Comprar
4. Shampoo Seco (Above) – R$ 5,44 – Comprar
5. Loção Deo Power Hidratação Amendoa/Castanha – R$ 19,15 – Comprar
6.  Máscara Demaia (Beuatech) – R$ 37,00 – Comprar

Considerando todos os produtos, na caixa veio o valor de R$ 152,19, então se eu pago R$ 75+- na caixinha, tá valendo a pena. Esse mês tive alguns problema com a entrega, a caixinha veio atrasada, apesar de eu mandar mensagem uns dias antes afirmando que chegaria atrasada e eles me dizendo que estava dentro do prazo. Outra coisa que vem me incomodado, é o fato das minhas caixinhas estarem sempre vindo mais pro final do prazo, então eu já vi várias caixinhas e já tenho uma noção do pode vir, e assim acaba a surpresa. Espero que melhore!

A Glambox de Dezembro é Celebration. Quem quiser cupom de desconto, é só usar o meu.

 

Nenhum comentário
Pietra Olsen
17 de dezembro de 2019

Sem você não é verão, Jenny Han

Falei sobre o primeiro livro dessa trilogia aqui.

3virgula14 | Sem você não é verão

Esse é um livro um pouco mais complicado e conturbado que o primeiro. No primeiro, nós sabemos que a Susannah tá doente. Logo nos primeiros capítulos deste, descobrimos que Susannah faleceu e que ninguém tá sabendo lidar com isso. A mãe da Belly tá enfiada dentro de casa e não sai pra nada, Belly não tem vontade de fazer nada. Os meninos estão bem complicados.

No finzinho do primeiro livro, Belly e Conrad começam um “relacionamento”, Conrad leva ela pro baile e faz tudo errado, e depois disso ele praticamente não fala mais com a Belly.

Esse é o primeiro verão sem ela, sem irem pra Cousins Beach. Corad tá na faculdade e vai fazer um curso de verão, mas ele simplesmente desaparece. Com isso, Jeremiah vai atrás dele e acaba pedindo a ajuda de Belly pra encontrar ele. Depois de muito pensar e ir até a faculdade, eles descobrem que ele foi pra casa da praia e vão atrás dele.

3virgula14 | Sem você não é verão

Quando eles chegam lá, tentam de toda forma convencer Conrad a ir embora mas ele reluta. É quando eles descobrem o porquê dele estar ali: o pais deles quer vender a casa, vender a casa que era de Susannah. Depois de uma noite de bebedeira jurando ser a última noite deles na casa, Belly acaba ligando para a mãe podre de bêbada, com isso a mãe dela vai para a casa da praia entender o que tá acontecendo e acaba convencendo o pai deles a não vender a casa, desde que Conrad passe nas provas que ele tem dois dias depois. Belly e Jeremiah ajudam ele a estudar e eles vão pra faculdade do Conrad, mas enquanto Conrad faz as provas, Belly e Jeremiah acabam se beijando e ela descobre que gosta dele. Conrad vê e fica bravo e ela diz que vai embora com o Jeremiah.

Eu gostei muito desse livro, mas me incomoda um pouco o fato de “passei anos apaixonada pelo teu irmão e agora descobri de gosto de ti”. Poxa, o cara tava ali sempre, sabe? Mas tudo bem, eles são lindos e eu torço taaanto por eles!

3virgula14 | Sem você não é verão

Sem você não é verão / Jenny Han: tradução Cassia Zanon. – 1. ed. – Rio de Janeiro: Intrínseca, 2019.

Pra comprar o livro, é só clicar aqui.

Nenhum comentário
Pietra Olsen
123...102030...>>